Todos os posts com a tag: Aparecimento

Três Considerações – Para Siva Ratri

Domingo, 22 de fevereiro de 2009. Há três considerações (vicaras) as quais são necessárias para compreender a relação entre o Senhor Krsna e Senhor Siva. Um é chamado de tattva-gata-vicara – a consideração de seu relacionamento por verdade filosófica estabelecida. Outra é chamado aisvarya-gata-vicara – a consideração de seu relacionamento em passatempos do Senhor Supremo de majestade, e o terceiro é naravat-gata-vicara – a consideração de seu relacionamento com o Senhor Supremo em doces passatempos como humano. De acordo com a verdade filosófica (tattva), a porção plenária de Sri Krishna é Sadasiva, e a manifestação parcial de Sadasiva é o Senhor Siva. Do ponto de vista dos passatempos do Senhor Krsna em opulência e majestade (aisvarya), o Senhor Krsna é Divindade adorada de Siva, que é sempre amado, honrado e respeitado por ele. No entanto, em naravat-gata-vicara, Krsna desempenha um outro papel – o de um ser humano comum. Ele realiza passatempos como uma criança muito jovem, pequena, que não pode fazer nada de forma independente. Sua mãe, Srimati Yasoda devi, o alimenta e tende …

Nityananda Trayodasi

Bali – Indonésia, 6 de fevereiro de 2001. Quando Srila Narayana Maharaja veio para dar a aula, ele perguntou se algum kirtana já havia sido feito. Quando os devotos responderam que nenhum kirtana / bhajan havia sido cantado, ele disse para começar. E então ele pediu para que ‘Nitai pada kamala’ fosse cantada nitai-pada-kamala, koti-candra-susitala je chayaya jagat judaya heno nitai vine bhai, radha-krsna paite nai, drdha kori’ dharo nitaira paya se sambandha nahi ja’ra, vrtha janma gelo ta’ra, sei pasu bodo duracara nitai na bolilo mukhe, majilo samsara sukhe, vidyakule ki koribe tara ahankare matta hoiya, nitai-pada pasariya, asatyere satya kori’ mani nitaiyera koruna habe, vraje radha-krsna pabe, dharo nitaiyera carana du’khani nitaiyera carana satya, tahara sevaka nitya, nitai-pada sada koro asa narottama bodo duhkhi, nitai more koro sukhi, rakha ranga-caranera pasa

Aparecimento de Lalita-devi

10 de setembro de 2005. Lalita-devi nasceu na aldeia de Karehla, e, mais tarde, seu pai a levou para Uccagaon, o lugar de seus passatempos (lila-sthali). Ainda há muitas evidências de seus passatempos aqui, como uma rocha que contém as marcas de seus pés de lótus e alguns pequenos utensílios que ela usava quando ela e as outras sakhis alimentavam Krsna lá. Quando os raios de sol caem sobre as impressões dessas panelas e pratos, eles brilham e resplandecem. Todas as sakhis de Srimati Radhika costumavam brincar com Krsna e Lalita em Uccagaon, e há muitos lugares onde você pode ver as Suas pegadas até hoje. Na colina há uma rocha escorregadia que mostra um passatempo específico onde foi encenada uma arena de casamento. Lá, as gopis arranjaram um tipo especial de casamento entre Lalita e Krsna. Isso não deve ser entendido como um casamento real, mas sim uma brincadeira de casamento, como o casamento que já foi encenado entre Srimati Radhika e Krsna. Isso é tecnicamente conhecido como casamento Gandharva.

O Aparecimento de Srila Svami Prabhupada

Sexta-feira, 27 de agosto de 2004 Este dia era o divino dia do desaparecimento de Srila Rupa Gosvami, sob a supervisão de quem a o movimento da consciência de Krishna é conduzido. Srila Narayana Maharaja levou cerca de 400 devotos para o samadhi e bhajana-kutira de Srila Rupa Gosvami, localizado no pátio do Sri Radha-Damodara Temple. Depois de falar sobre a contribuição de Rupa Gosvami, e de realizar a sua adoração, e depois de oferecer reverências a Sri Radha-Damodara e às grandes Deidades do altar, o bhajana-kutira de Srila Bhaktivedanta Svami Maharaja Srila Prabhupada foi apresentado. Este era o lugar onde Srila Prabhupada tinha passado grande parte de seu tempo antes de vir para a América em 1966, e foi aqui que ele completou seu Primeiro Canto do Srimad Bhagavatam e o imprimiu, para levar com ele para começar a sua missão no Ocidente.