Todos os posts em: Srila Bhaktivedanta Narayana Gosvami Maharaja

Iluminando o Caminho de Bhakti

Burijana dasa: Dhanurdhara Maharaja e eu não estávamos aqui da última vez que você falou, mas nós escutamos a fita. Sripad Dhanurdhara Maharaja: Mas nós não pudemos compreender pela fita o que você estava fazendo. Nós não compreendemos os seus gestos. Sripad Tamal Krsna Gosvami: As mañjaris. Sripad Dhanurdhara Maharaja: Era sobre as mañjaris. Você disse: “É desse jeito.” Srila Bhaktivedanta Narayana Gosvami Maharaja: Tamal Krsna Maharaja pode descrever melhor do que eu. Sripad Dhanurdhara Maharaja: Ele já nos disse, mas nós queremos ouvir de suas realizações. Sripad Tamal Krsna Gosvami: Você nos disse que o que você estava falando não estava em livro algum. Anúncios

Sobre Raganuga-Bhakti

Srila Bhaktivedanta Narayana Gosvami Maharaja: O que é uma mañjari? Ouvimos falar de Kamala-mañjaris e manga-mañjaris. Qualquer trepadeira ou boa flor possui mañjaris. Embora a mañjari apareça primeiro e, em seguida, a flor; a mañjari está sempre localizada acima da flor. Quando uma abelha vem sentar-se na flor e beber seu mel, a mañjari tremula, ficando muito feliz. Da mesma forma, a abelha Krsna vem até Srimati Radhika, Ela olha para Ele, e Eles se envolvem em passatempos amorosos (prema-vilasa). Embora a ‘abelha’ não se senta na mañjari, a mañjari treme, sentindo-se como se a abelha estivesse se sentando em cima dela. O que quer que a “flor” experimenta nesses passatempos também se manifesta na mañjari, por isso não há necessidade de a abelha ir até ela. Ela automaticamente sente tudo que é sentido pela “flor”. Se a abelha beija a flor, então, vendo isso, a mañjari sente que “a abelha me beijou.”

Vilapa-Kusumañjali – verso 7

aty-utkatena nitaram virahanalena dandahyamana-hrdaya kila kapi dasi ha svamini ksanam iha pranayena gadham akrandanena vidhura vilapami padyaih   aty – extremo, utkatena – grande, nitaram – constantemente, virahanalena – separação pelo fogo, dandahyamana – sendo queimado, hrdaya – o coração, kila – realmente, kapi – alguma, dasi – serva, ha – ó, svamini – senhora, ksanam – por um momento, iha – aqui, pranayena – com amor, gadham – intenso, akrandanena – pelo choro, vidhura – sofrendo, vilapami – eu lamento, padyaih – com versos. Pelo enorme fogo da separação extrema, constantemente, o coração de alguma serva está sendo realmente queimado. Ó senhora, chorando por um momento aqui com amor intenso e sofrendo, eu lamento com versos “Ó Svamini! Eu sou tua serva! Mas meu coração está queimando devido ao incêndio virulento de Sua separação. Eu choro repetidamente e, portanto, me tornei completamente prejudicada. Vendo nenhum outro meio de recuperação, eu residir em Sri Govardhana às margens do Sri Radha-kunda e suplico amorosamente aos Seus pés de lótus com estes versos de lamentação.” Existem dois …

O que é Sadhu-Sanga

Eu estou feliz que os devotos de várias partes da Austrália, e também de várias partes do mundo, se reuniram aqui para ter associação. Vocês poderiam facilmente ficar cantando os santos nomes, lendo livros, e realizando outras atividades devocionais em suas casas. Vocês podem facilmente fazer isso. Então, por que vocês vieram aqui? Gastando tanto dinheiro vocês vieram aqui somente para ouvir hari-katha. Este é um sinal muito bom. A associação com bhaktas de alta classe é glorificada por todo o Srimad Bhagavatam. Srila Bhaktivinoda Thakura escreveu a canção “Sudha Bhakata carana renu, bhajana anukula.” Qual é o significado desta canção? “A poeira dos pés de lótus de Vaisnavas de alta classe, especialmente aqueles na linha de Sri Caitanya Mahaprabhu, e especialmente aqueles na linha de Srila Rupa Gosvami, é muito favorável para o sucesso em bhajana.” Além disso, se Vaisnavas rasikas estão falando todos os tipos de hari-katha elevado, é muito benéfico para nós ouvi-los. Portanto, quando Sri Sukadeva Gosvami começou a dar aula sobre o Srimad Bhagavatam, incluindo Sri Narada, Sri Vedavyasa e …

Como Entrar em Raganuga-Bhakti

No início de 1990, Srila Narayana Gosvami Maharaja costumava dar darsanas para vários membros do GBC da ISKCON. Durante esses anos, pediram-lhe para discutir várias literaturas Gaudiya Vaisnavas, como Jaiva-dharma, o décimo canto do Srimad-Bhagavatam, Harinama-cintamani, Vilapa- kusumanjali e Raga-vartma-candrika. Em 1991, ele conduziu quatro debates sobre o Raga-vartma-candrika. Abaixo é o primeiro da série, e esperamos para enviar-lhe o resto, um após o outro. Como você deve saber, Srila Bhaktivedanta Narayana Gosvami Maharaja pediu que todas as suas caminhadas matinais e seus darsanas fossem publicados, e ele ordenou que estes darsanas para os membros da ISKCON GBC também fossem incluídos:

Três Considerações – Para Siva Ratri

Domingo, 22 de fevereiro de 2009. Há três considerações (vicaras) as quais são necessárias para compreender a relação entre o Senhor Krsna e Senhor Siva. Um é chamado de tattva-gata-vicara – a consideração de seu relacionamento por verdade filosófica estabelecida. Outra é chamado aisvarya-gata-vicara – a consideração de seu relacionamento em passatempos do Senhor Supremo de majestade, e o terceiro é naravat-gata-vicara – a consideração de seu relacionamento com o Senhor Supremo em doces passatempos como humano. De acordo com a verdade filosófica (tattva), a porção plenária de Sri Krishna é Sadasiva, e a manifestação parcial de Sadasiva é o Senhor Siva. Do ponto de vista dos passatempos do Senhor Krsna em opulência e majestade (aisvarya), o Senhor Krsna é Divindade adorada de Siva, que é sempre amado, honrado e respeitado por ele. No entanto, em naravat-gata-vicara, Krsna desempenha um outro papel – o de um ser humano comum. Ele realiza passatempos como uma criança muito jovem, pequena, que não pode fazer nada de forma independente. Sua mãe, Srimati Yasoda devi, o alimenta e tende …

Nityananda Trayodasi

Bali – Indonésia, 6 de fevereiro de 2001. Quando Srila Narayana Maharaja veio para dar a aula, ele perguntou se algum kirtana já havia sido feito. Quando os devotos responderam que nenhum kirtana / bhajan havia sido cantado, ele disse para começar. E então ele pediu para que ‘Nitai pada kamala’ fosse cantada nitai-pada-kamala, koti-candra-susitala je chayaya jagat judaya heno nitai vine bhai, radha-krsna paite nai, drdha kori’ dharo nitaira paya se sambandha nahi ja’ra, vrtha janma gelo ta’ra, sei pasu bodo duracara nitai na bolilo mukhe, majilo samsara sukhe, vidyakule ki koribe tara ahankare matta hoiya, nitai-pada pasariya, asatyere satya kori’ mani nitaiyera koruna habe, vraje radha-krsna pabe, dharo nitaiyera carana du’khani nitaiyera carana satya, tahara sevaka nitya, nitai-pada sada koro asa narottama bodo duhkhi, nitai more koro sukhi, rakha ranga-caranera pasa

Se alguém me oferece, com amor e devoção, uma folha, uma flor, fruta ou água. Eu as aceitarei.

Bhagavad-Gita, capítulo 9, verso 26 patram puspam phalam toyam yo me bhaktya prayacchati tad aham bhakty-upahrtam asnami prayatatmanah yah – qualquer; prayata-atmanah – possuindo uma natureza devocional; prayacchati – livremente oferece (sem desejo de ganho pessoal); me – a Mim; patram – uma folha; puspam – uma flor; phalam – uma fruta; toyam – água; bhaktya – com devoção; tat – esta própria coisa; bhakti-upahrtam – servido com devoção; aham – Eu; asnami – aceito. Se qualquer bhakta de coração puro me oferecer uma folha, uma flor, fruta ou água com amor e devoção, eu certamente irei aceitar esse presente. Comentário de Srila Svami Prabhupada Para a pessoa inteligente, é essencial estar na Consciência de Krsna, engajado no serviço amoroso transcendental do Senhor, a fim de alcançar uma morada permanente, extasiante de felicidade eterna. O processo de obtenção de resultado tão maravilhoso é muito fácil e pode ser tentado mesmo pelos mais pobres dos pobres, sem qualquer tipo de qualificação. A única qualificação necessária, neste contexto, é a de ser um devoto puro do Senhor. …

Aparecimento de Lalita-devi

10 de setembro de 2005. Lalita-devi nasceu na aldeia de Karehla, e, mais tarde, seu pai a levou para Uccagaon, o lugar de seus passatempos (lila-sthali). Ainda há muitas evidências de seus passatempos aqui, como uma rocha que contém as marcas de seus pés de lótus e alguns pequenos utensílios que ela usava quando ela e as outras sakhis alimentavam Krsna lá. Quando os raios de sol caem sobre as impressões dessas panelas e pratos, eles brilham e resplandecem. Todas as sakhis de Srimati Radhika costumavam brincar com Krsna e Lalita em Uccagaon, e há muitos lugares onde você pode ver as Suas pegadas até hoje. Na colina há uma rocha escorregadia que mostra um passatempo específico onde foi encenada uma arena de casamento. Lá, as gopis arranjaram um tipo especial de casamento entre Lalita e Krsna. Isso não deve ser entendido como um casamento real, mas sim uma brincadeira de casamento, como o casamento que já foi encenado entre Srimati Radhika e Krsna. Isso é tecnicamente conhecido como casamento Gandharva.

O Aparecimento de Srila Svami Prabhupada

Sexta-feira, 27 de agosto de 2004 Este dia era o divino dia do desaparecimento de Srila Rupa Gosvami, sob a supervisão de quem a o movimento da consciência de Krishna é conduzido. Srila Narayana Maharaja levou cerca de 400 devotos para o samadhi e bhajana-kutira de Srila Rupa Gosvami, localizado no pátio do Sri Radha-Damodara Temple. Depois de falar sobre a contribuição de Rupa Gosvami, e de realizar a sua adoração, e depois de oferecer reverências a Sri Radha-Damodara e às grandes Deidades do altar, o bhajana-kutira de Srila Bhaktivedanta Svami Maharaja Srila Prabhupada foi apresentado. Este era o lugar onde Srila Prabhupada tinha passado grande parte de seu tempo antes de vir para a América em 1966, e foi aqui que ele completou seu Primeiro Canto do Srimad Bhagavatam e o imprimiu, para levar com ele para começar a sua missão no Ocidente.