Ano: 2015

Tulasi Puja – Como Cuidar e Adorar Tulasi devi

A primeira concepção que devemos adquirir a respeito de Tulasi devi é que Ela é uma expansão direta de Srimati Radharani, e portanto, Tulasi devi nos concede bhakti, amor puro por Krsna, sem o serviço amoroso a Ela, é impossível entrarmos em Vrndavana. Assim, Tulasi devi também é alvo de nossa adoração e parte integrante da rotina diária de todo Vaisnava. Apesar de, para a nossa visão material, Ela se apresentar como uma plantinha, Tulasi devi é uma deidade adorável, e em Goloka Vrndavana, a morada eterna do Senhor Krsna, Ela é Srimati Vrnda devi, a personificação de Sri Vrndavana Dhama o local onde todos os passatempos eternos de Sri Krsna são abrigados. Sri Tulasi devi Pranama (om) vrndayai tulasi-devyai priyayai kesavasya ca krsna-bhakti-prade devi! Satyavatyai namo namah “Eu ofereço pranama repetidamente a Srimati Tulasi-devi, que é a mais querida de Sri Kesava, e que também é reconhecida como Sri Vrnda-devi e como Satyavati. Ó Devi, Você concede krsna-bhakti!” Sri Vrndavana-dhama Pranama jayati jayati vrndaranyam etan murareh priataman ati-sadhusvanta-vaikuntha-vasat ramayati sa sada gah palayan yatra …

Iluminando o Caminho de Bhakti

Burijana dasa: Dhanurdhara Maharaja e eu não estávamos aqui da última vez que você falou, mas nós escutamos a fita. Sripad Dhanurdhara Maharaja: Mas nós não pudemos compreender pela fita o que você estava fazendo. Nós não compreendemos os seus gestos. Sripad Tamal Krsna Gosvami: As mañjaris. Sripad Dhanurdhara Maharaja: Era sobre as mañjaris. Você disse: “É desse jeito.” Srila Bhaktivedanta Narayana Gosvami Maharaja: Tamal Krsna Maharaja pode descrever melhor do que eu. Sripad Dhanurdhara Maharaja: Ele já nos disse, mas nós queremos ouvir de suas realizações. Sripad Tamal Krsna Gosvami: Você nos disse que o que você estava falando não estava em livro algum.

Sobre Raganuga-Bhakti

Srila Bhaktivedanta Narayana Gosvami Maharaja: O que é uma mañjari? Ouvimos falar de Kamala-mañjaris e manga-mañjaris. Qualquer trepadeira ou boa flor possui mañjaris. Embora a mañjari apareça primeiro e, em seguida, a flor; a mañjari está sempre localizada acima da flor. Quando uma abelha vem sentar-se na flor e beber seu mel, a mañjari tremula, ficando muito feliz. Da mesma forma, a abelha Krsna vem até Srimati Radhika, Ela olha para Ele, e Eles se envolvem em passatempos amorosos (prema-vilasa). Embora a ‘abelha’ não se senta na mañjari, a mañjari treme, sentindo-se como se a abelha estivesse se sentando em cima dela. O que quer que a “flor” experimenta nesses passatempos também se manifesta na mañjari, por isso não há necessidade de a abelha ir até ela. Ela automaticamente sente tudo que é sentido pela “flor”. Se a abelha beija a flor, então, vendo isso, a mañjari sente que “a abelha me beijou.”

Vilapa-Kusumañjali – verso 7

aty-utkatena nitaram virahanalena dandahyamana-hrdaya kila kapi dasi ha svamini ksanam iha pranayena gadham akrandanena vidhura vilapami padyaih   aty – extremo, utkatena – grande, nitaram – constantemente, virahanalena – separação pelo fogo, dandahyamana – sendo queimado, hrdaya – o coração, kila – realmente, kapi – alguma, dasi – serva, ha – ó, svamini – senhora, ksanam – por um momento, iha – aqui, pranayena – com amor, gadham – intenso, akrandanena – pelo choro, vidhura – sofrendo, vilapami – eu lamento, padyaih – com versos. Pelo enorme fogo da separação extrema, constantemente, o coração de alguma serva está sendo realmente queimado. Ó senhora, chorando por um momento aqui com amor intenso e sofrendo, eu lamento com versos “Ó Svamini! Eu sou tua serva! Mas meu coração está queimando devido ao incêndio virulento de Sua separação. Eu choro repetidamente e, portanto, me tornei completamente prejudicada. Vendo nenhum outro meio de recuperação, eu residir em Sri Govardhana às margens do Sri Radha-kunda e suplico amorosamente aos Seus pés de lótus com estes versos de lamentação.” Existem dois …

O que é Sadhu-Sanga

Eu estou feliz que os devotos de várias partes da Austrália, e também de várias partes do mundo, se reuniram aqui para ter associação. Vocês poderiam facilmente ficar cantando os santos nomes, lendo livros, e realizando outras atividades devocionais em suas casas. Vocês podem facilmente fazer isso. Então, por que vocês vieram aqui? Gastando tanto dinheiro vocês vieram aqui somente para ouvir hari-katha. Este é um sinal muito bom. A associação com bhaktas de alta classe é glorificada por todo o Srimad Bhagavatam. Srila Bhaktivinoda Thakura escreveu a canção “Sudha Bhakata carana renu, bhajana anukula.” Qual é o significado desta canção? “A poeira dos pés de lótus de Vaisnavas de alta classe, especialmente aqueles na linha de Sri Caitanya Mahaprabhu, e especialmente aqueles na linha de Srila Rupa Gosvami, é muito favorável para o sucesso em bhajana.” Além disso, se Vaisnavas rasikas estão falando todos os tipos de hari-katha elevado, é muito benéfico para nós ouvi-los. Portanto, quando Sri Sukadeva Gosvami começou a dar aula sobre o Srimad Bhagavatam, incluindo Sri Narada, Sri Vedavyasa e …

Como Entrar em Raganuga-Bhakti

No início de 1990, Srila Narayana Gosvami Maharaja costumava dar darsanas para vários membros do GBC da ISKCON. Durante esses anos, pediram-lhe para discutir várias literaturas Gaudiya Vaisnavas, como Jaiva-dharma, o décimo canto do Srimad-Bhagavatam, Harinama-cintamani, Vilapa- kusumanjali e Raga-vartma-candrika. Em 1991, ele conduziu quatro debates sobre o Raga-vartma-candrika. Abaixo é o primeiro da série, e esperamos para enviar-lhe o resto, um após o outro. Como você deve saber, Srila Bhaktivedanta Narayana Gosvami Maharaja pediu que todas as suas caminhadas matinais e seus darsanas fossem publicados, e ele ordenou que estes darsanas para os membros da ISKCON GBC também fossem incluídos:

Rati está lá na forma de sraddha, e ruci está lá na forma de sraddha, mas gradualmente se desenvolvem. Somente os nomes são diferentes. O nome foi mudado, mas é a mesma coisa. Ruci aparece pela primeira vez em sraddha e surge, por fim, direcionada para a istadeva (a deidade adorada – Sri Sri Radha-Krsna). Uma pessoa que possua uma ruci tão espessa não possui gosto por desejos materiais e por coisas materiais. Ela não comete nenhuma aparadha (ofensa). Nada. Neste momento o seu cantar dos santos nomes é puro. Eu sei que vocês não podem compreender completamente. Entretanto, ao fazer bhajana – fazendo, fazendo, fazendo – vocês podem chegar a este estágio. Não tentem entender através de sua inteligência. Tentem entender através de nosso Guru-varga (sucessão discipular). Nós devemos tentar realizar o que a nossa linha de acaryas escreveu. Eu não posso ser diferente de Srila Bhaktivinoda Thakura. O que eu estou dizendo são seus remanescentes. Vocês devem tentar fazer mais bhajana. Não tentem entender através da especulação mental. Tentem fazer bhajana e rezar …

Então, se você ler o Caitanya Caritamrta ou outros livros de Jiva Gosvami, você poderá compreender algo, de outra forma não. Krsna é advaya-jñana-para-tattva, todas as almas e universos emanam Dele. Vaikuntha e Goloka Vrndavana também vêm Dele. Todos os gopas e gopis também se manifestam Dele. Como eles surgem? Eles surgem a partir de três tipos de sakti: cit-sakti, jiva-sakti e maya-sakti. Estas potências são aspectos de sandhini-sakti, samvit-sakti, e hladini-sakti. O que são estas saktis, ou potências? Agora, você não pode imaginar o que sejam. Primeiro, você deve estar sob a orientação de um Vaisnava e deve tentar servi-lo. Então, avançará gradualmente em sua devoção. 14 de abril de 2000, Mathura

A Limpeza do Templo de Gundica

5 de abril de 2015, Mayapur Sri Caitanya Mahaprabhu veio a este mundo para instruir as entidades vivas sobre como obter a mais alta de todas as conquistas. Ele fez isso através do Seu próprio exemplo pessoal. Sem seguir a si mesmo, não é possível para instruir a outros. Nossos corações estão cheios de tantos desejos e ofensas. Há desejos para satisfazer os sentidos, desejos por karma, jñana, e mukti, e assim por diante. Todos esses desejos e ofensas são como poeira no espelho do nosso coração. Para servir corretamente e adorar o Senhor, nosso coração deve estar niskama, completamente livre destes desejos mundanos e ofensas. É por isso que o Senhor pediu ao serviço de limpeza do Templo Gundica. O templo de Gundica representa o coração do devoto. Srila Prabhupada Bhaktisiddhanta Sarasvati disse que o significado deste passatempo é que, a menos e até que sejamos capazes de limpar essa poeira e sujeira de dentro dos nossos corações, nossos corações nunca serão um local adequado para o Senhor residir.

Qual é o dever de um discípulo ideal? Ele não deve meramente ficar com seu Gurudeva; ele deve tentar dar a sua energia através do corpo, mente e palavras e tentar servi-lo de acordo com seus desejos. Ele não deve simplesmente estar presente fisicamente, achando que alguma excitante irá acontecer, enquanto permanece sem entusiasmo para servir. Isto não é sisya, na verdade é algo bem o oposto. Um verdadeiro discípulo sempre deseja, com o coração e a mente, servir cada vez melhor o seu Gurudeva. Não devemos simplesmente servir intimamente o nosso Gurudeva, nós devemos também respeitar e honrar adequadamente nossos irmãos e irmãs espirituais. Se alguém é sênior a nós, tendo servido nosso Gurudeva há mais tempo, nós devemos mostrar grande honra àquela pessoa. Se alguém é igual a nós, nós devemos honra-lo com amizade, e se encontramos alguém que está em uma posição inferior e que esteja bem sério sobre aprender, nós devemos sempre sermos misericordiosos. Nós devemos tentar realizar serviço devocional de uma maneira muito harmoniosa.