Mês: dezembro 2014

Se alguém me oferece, com amor e devoção, uma folha, uma flor, fruta ou água. Eu as aceitarei.

Bhagavad-Gita, capítulo 9, verso 26 patram puspam phalam toyam yo me bhaktya prayacchati tad aham bhakty-upahrtam asnami prayatatmanah yah – qualquer; prayata-atmanah – possuindo uma natureza devocional; prayacchati – livremente oferece (sem desejo de ganho pessoal); me – a Mim; patram – uma folha; puspam – uma flor; phalam – uma fruta; toyam – água; bhaktya – com devoção; tat – esta própria coisa; bhakti-upahrtam – servido com devoção; aham – Eu; asnami – aceito. Se qualquer bhakta de coração puro me oferecer uma folha, uma flor, fruta ou água com amor e devoção, eu certamente irei aceitar esse presente. Comentário de Srila Svami Prabhupada Para a pessoa inteligente, é essencial estar na Consciência de Krsna, engajado no serviço amoroso transcendental do Senhor, a fim de alcançar uma morada permanente, extasiante de felicidade eterna. O processo de obtenção de resultado tão maravilhoso é muito fácil e pode ser tentado mesmo pelos mais pobres dos pobres, sem qualquer tipo de qualificação. A única qualificação necessária, neste contexto, é a de ser um devoto puro do Senhor. …

Jesus Cristo é Jagad-guru

Pergunta 1: Jesus Cristo é jagad-guru, o mestre espiritual de todo o mundo. Suas instruções são suficientes para nosso bem-estar espiritual. Ainda assim é necessário, então, aceitar um mahanta-guru – um grande acarya espiritual (aquele que ensina com seu exemplo) – que ainda esteja vivendo neste mundo? Resposta: Nós aceitamos ambos – jagad-guru e mahanta-guru. Se apenas o jagad-guru-vada [jagad-guru-ismo, ou só aceitar as instruções de um mestre que não se encontra mais nesse mundo] é aceito o resultado tem muitas conseqüências indesejáveis (anarthas). Se alguém aceita tal grande alma do passado – neste caso, Jesus Cristo – como jagad-guru e quer seguir seus passos no presente, mas considera que não há necessidade de qualquer mahanta-guru, é questionável até que ponto ele será capaz de seguir corretamente os pontos de vista de Jesus. Apenas a sucessão de mahanta-gurus misericordiosamente oferece-nos as palavras do Senhor Supremo ou dos acaryas jagad-guru.

A Mensagem do Bhagavad-gita

Hoje é o dia do aparecimento do Srimad Bhagavad-Gita, ou seja, foi neste dia, há mais de 5000 anos atrás que Sri Krsna esteve com Arjuna diante dos dois exércitos em Kuruksetra e recitou para ele todos os versos que compõe essa belíssima joia da literatura védica e um dos principais objetos de estudo de todo o mundo. Aquele que se abriga na Gita é aquele que se abriga aos pés de Krsna. Assim sendo, pela misericórdia imotivada de meu diksa guru, nitya-lila pravista om visnupada astottora sata Sri Srimad Bhaktivedanta Narayana Gosvami Maharaja, fui capaz de trazer este belíssimo ensaio que Srila Bhakti Ballabh Tirtha Gosvami Maharaja fez a respeito do Srimad Bhagavad-Gita.