Aulas, SBVNM 2002, Srila Bhaktivedanta Narayana Gosvami Maharaja
Deixe um comentário

Sri Krsna Janmastami

Sábado, 31 de agosto de 2002

Srila Narayana Maharaja fez a sua celebração de Janmastami na Sri Kesavaji Gaudiya Matha, em Mathura. Depois do mangala-aratika, os bhajanas lhe procederam como o usual, com uma ênfase maior naqueles que glorificam Sri Krsna. Srila Narayana Maharaja entrou no templo por volta das 6;30 da manhã e começou a sua aula em hindi, aonde ele explicou os significados profundos de vários bhajans. A tradução desta aula foi gentilmente cedida por Uttama dasa Brahmacari.

Depois que Srila Narayana Maharaja liderou os devotos cantando Sri Nanda-nandanastakam, ele explicou que esta canção é uma glorificação a Sri Krsna. Ouvir esta canção O agrada, mas Ele fica mais feliz quando os devotos adoram e glorificam aqueles que são queridos por Ele. Se alguém glorifica os passatempos tais como aqueles encontrados o Ujjvala-nilamani e em outras escrituras dos gosvamis aonde Sri Krsna abaixa a sua cabeça aos pés de lótus de Srimati Radharani, Sri Krsna ficará muito contente. Srila Narayana Mahraja disse que se nós realmente quisermos agradar a Sri Krsna nós devemos cantar Sri Radha-Krpa-Kataksa-Stava-Raja, que é uma glorificação a Srimati Radharani. Assim sendo, a canção Sri Nanda-nandanastakam, a qual indica uma glorificação a Sri Krsna, traz mais prazer a Sri Radha.

Srila Narayana Maharaja então liderou os devotos cantando Sri Radha-Krpa-Kataksa-Stava-Raja, depois da qual ele explicou que os versos nesta canção são como mantras (mantra não significa somente “oração”, ele é a verdadeira presença da deidade que está sendo adorada pelo mantra). Cada verso é também um mantra. Este bhajana é como uma árvore dos desejos; ele pode realizar todos os seus desejos.

Cada verso do Srimad-Bhagavatam também é um mantra, e alguém pode obter a perfeição através de cada um deles. Estes versos podem realizar até os mais elevados desejos, mas infelizmente nós não temos fé alguma nisso. Nós estamos cantando o maha-mantra e nós não temos fé nele; mas este e todos os outros mantras são verdadeiras kalpa-vrksas, árvores dos desejos. Cada sloka do Srimad-Bhagavatam são como as kama-dhenus (as vacas de Goloka Vrndavana, que podem realizar todos os desejos de algém). Não somente uma kama-dhenu – cada sloka pode ser comparado a milhões de kama-dhenus.

ananga-ranga-mangala-prasanga-bhangura-bhruvam
savibhramam sasambhramam drganta-bana-patanaih
nirantaram vasi-krta-pratiti-nanda-nandane
kada karisyasiha mam krpa-kataksa-bhajanam?

  “No imensamente auspicioso drama interpretado com amorosa jocosidade (prema-vilasa) no campo de guerra amoroso, as Suas sobrancelhas curvam-se como arcos para subitamente lançar as flechas do Seu olhar enviesado, perfurando Nanda-nandana com desilusão amorosa e trazendo Ele à submissão reverencial”.

Neste verso, cada palavra descreve os humores de Srimati Radharani, e especialmente o Seus mais elevados humores de madanakya-mahabhava. Esses humores somente podem ser compreendidos através da misericórdia do Guru e dos Vaisnavas, e também por aqueles que possuem samskaras (impressões no coração feitas pelas atividades devocionais  realizadas nesta e em outras vidas).

asesa-hava-bhava-dhira-hira-hara-bhusite
prabhuta-sata-kumbha-kumbha-kumbhi-kumbha-sustani
prasasta-manda-hasya-curna-purna-saukhya-sagare
kada karisyasiha mam krpa-kataksa-bhajanam?

 “Você é adornada com todas as Suas mais variadas emoções profundas (anuraga, dhiradhira, kila-kincita, etc.) por Sri Krsna, as quais brilham na Sua pessoa como uma colar de diamantes”.

Hava é explicado no Sri Ujjvala-nilamani de Sri Rupa Gosvami. Eles são gestos de Srimati Radharani tais como os seus olhares de soslaio em direção a Sri Krsna, e também o oscilar de sua cabeça. Quando Ela age dessa maneira, Sri Krsna se torna completamente impotente e começa a tremer. Bhava significa sentimentos de êxtase, ou uma combinação de sentimentos variados como em kila-kincita bhava, e estes também elaboradamente explicados no Sri Ujjvala-nilamani. Se alguém é qualificado, ele pode ler o Sri Ujjvala-nilamani, mas ele deve fazê-lo sob a guia de exaltados Vaisnavas. Desta maneira, pela misericórdia de Sri Guru, ele pode realizar todos esses sentimentos.

Estes versos podem dar a vocês a mais alta perfeição. Esses mantras e Guru são tão poderosos que pela misericórdia deles, eles podem manifestar todos os sentimentos transcendentais e os significados profundos em seus corações. Infelizmente, entretanto, nós não possuímos fé no Guru ou no poder dos mantras.

nitamba-bimba-lambamana-puspa-mekhala-gune
prasasta-ratna-kinkini-kalapa-madhya-mañjule
karindra-sunda-dandika-varoha-saubhagoruke
kada karisyasiha mam krpa-kataksa-bhajanam?

“Seus quadris arredondados são decorados com pequenas flores penduradas e oscilantes, e pequeninas sinetinhas incrustadas com jóias dependuradas do cinto de flores em sua encantadora e esguia cintura”.

Ninguém pode explicar esses significados porque eles são insondáveis, e até mesmo Srila Rupa Gosvami não podia falar a respeito dessas verdades escondidas. Em seu estado realizado ele somente pôde escrever as suas realizações em seus livros. Mais tarde, quando Srila Visvanatha Cakravartipada os leu, ele começou a rir e a sentir vergonha e embaraço em seu coração. Assim, ele era qualificado para escrever um comentário para os versos de Srila Rupa Gosvami.

Nós somos verdadeiramente desafortunados. Nós temos a oportunidade deste tipo de riqueza, mas ainda assim nós tentamos coletar a riqueza deste mundo material. As bhavas de Srimati Radharani são as mais valiosas riquezas neste mundo. Qualquer um que tenha provado desta riqueza pode rejeitar toda riqueza material. Infelizmente, entretanto, nós ainda estamos buscando pela insignificante riqueza material

 Srila Narayana Maharaja então, liderou os devotos cantando Krsna Deva! Bhavantam Vande, e então explicou que se você quer agradar a Srimati Radharani você deve cantar esta canção, pois ela, especialmente, trás prazer a Ela. E se você quer agradar Yugala Kisora, tanto a Srimati Radharni como a Sri Krsna, você deve cantar Sri Gaura-gita. Esta música, por revelar os sentimentos de Srimati Radharani e também de Sri Caitanya Mahaprabhu, fornece muito prazer a Yugala Kisora.

O autor do Sri Gaura-gita, Sri Radha-Mohana dasa, é um Vaisnava altamente qualificado em nossa sampradaya. Em sua última linha de seu bhajana ele canta

paramakincana-kincana-nara-gana-karuna-vitarana-silam

“Eu anseio em saborear os passatempos sem parelelo do extremamente munificente Sri Gaurasundara, que distribui misericórdia na forma de nama-prema para as almas niskincana supremamente afortunadas (aquelas almas cuja única posse é o amor por Krsna)”.

Ele se considera extremamente akincana (caído e sem valor). Apesar dele ser espetacular, ainda assim ele diz, “Eu sou akincana”.

ksobhita-durmati-radha-mohana-namaka-nirupam-lilam

 “O caído e tolo Radha-Mohana canta com um sentimento de grande aflição”.

Durmati – Ele diz aqui, “Eu sou durmati. Eu sou uma pessoa de mentalidade muito baixa”.

 Ksobhita significa ‘aquele cujo coração está aflito’. Porque o coração do autor está tão aflito?

nidhuvana nagari mohita-manasa-vikathita-gadgada-bhasam

“O coração de Sri Krsna, na forma de Sri Caitanya Mahaprabhu, é completamente imerso na unnatojjvala-prema de Srimati Radharani. Este Caitanya Mahaprabhu agora amorasamente exalta Sri Krsna”.

 Nidhuvana é uma das mais elevadas florestas de Vrndavana, aonde Yugala Kisora desfruta de Seus doces passatempos. Srimati Radharani é a nagari (heroína) desta Nidhuvana. Aqui, Krsnacandra serve a Srimati Radharani do início ao fim da noite, e ainda assim ele não consegue servir a Ela completamente. Ao se lembrar deste tipo de passatempo, o coração de Sri Radha-Mohana dasa fica agitado. Este passatempo de Nidhuvana é a jóia principal de todos os passatempos.

Srila Narayana Maharaja flou então do Brahma-samhita. Ele começou dizendo que Brahmaji, o adi-guru de nossa sampradaya, reconheceu a sua ofensa aos pés de lótus de Govinda depois de ter roubado Seus sakhas e seus bezerros. Ele, em consequência, realizou expiação e ofereceu stutis, orações, aos pés de lótus de Govinda.

Desde a época de Srila Rupa Gosvami, ninguém em nossa sampradaya oferece orações formais de adoração a Govinda. Bhajami significa fazer bhajana, mas em nossa sampradaya significa mais do que aquilo que é descrito no Brahma-samhita. Os acaryas em nossa sampradaya adoram Govinda no seguinte humor: Ele está sempre usando doces palavras para bajular Srimati Radharani. Govinda não é a Suprema Personalidade de Deus. Ao invés disso é Ele que está sempre seguindo as ordens de Srimati Radharani. O que quer que ela deseje Dele, Ele deve acatar. Este é Govinda.

yad-bhava-bhavita-dhiyo manujas tathaiva
samprapya rupa-mahimasana-yana-bhusah
suktair yam eva nigama-prathitaih stuvanti
govindam adi-purusam tam aham bhajami
(Brahma-samhita 5.36)

“Adoro o mesmo Govinda, o Senhor primordial, em cujo louvor os homens, que estão imbuídos de devoção, cantam os mantra-suktas citados pelos Vedas, ao acessar seus atributos de beleza, grandeza, poder conveniências e ornamentos”.

“Yad bhava bhavita dhiyo…” Eu ofereço minhas humildes reverências aos pés de lótus de Govinda, o coração daqueles devotos que são soterrados pelos variados tipos de bhava direcionados a Ele. Alguém pode ter sakhya-bhava, outro vatsalya, e mais alguém pode ter madhurya-bhava. Todos os acaryas em nossa sampradaya possuem o sentimento de que “Eu sou uma servinha de Srimati Radharani”, e é pela perspectiva deste sentimento que nós olhamos para Govinda.

Mahimasana geralmente significa ‘asana’ – lugar para se sentar ou descansar, mas aqui asana significa ‘Vraja-bhumi’. Vraja-Bhumi é o único local de descanso para Govinda; e ainda maior que Vraja, é o Radha-kunda, o qual é o mais elevado local de descanso do Casal Divino.Mas ainda maior é a bhava de Srimati Radharani, a qual é o único local de repouso para Krsnacandra, Govinda. Sri Krsna sempre deseja  estar situado na bhava de Srimati Radharani. Aqueles que são soterrados pelos sentimentos de nossa sampradaya, realizando assim este tipo de bhajana para Govinda, podem atingir a mais alta perfeição muito rapidamente.

Srila Narayana Maharaja falou então a respeito de bhava. Ele disse que existem onze tipos de bhava revelados pelo guru quando o discípulo está entrando em bhava-bhakti.

  1. Sambandha (relacionamento)
  2. Vayasa (idade)
  3. Nama (nome)
  4. Rupa (forma pessoal e beleza)
  5. Yutha (grupo)
  6. Vesa (vestido)
  7. Ajna (instrução específica)
  8. Vasa (morada)
  9. Seva (serviço exclusivo)
  10. parakasta-svasa (a mais alta emoção, a qual é o verdadeiro ar vital do aspirante)
  11. palya-dasi-bhava (o sentimento de uma servinha sob a proteção de Srimati Radharani)

Também existem cinco dasas (estágios de avanço ao se aproximar do estado de perfeição). Isso tudo é explicado no Jaiva-Dharma, e aqueles que realmente desejam fazer bhajana  irão atingir estes onze tipos de bhava e os cinco dasas.

yam krodha-kama-sahaja-pranayadi-bhuti-
vatsalya-moha-guru-gaurava-sevya-bhavaih
sancintya tasya sadrsim tanum apur ete
govindam adi-purusam tam aham bhajami
(Brahma-samhita 5.55)

“Adoro o Senhor primordial Govinda, em quem os meditadores, ao meditar sobre Ele sob a influência da ira, paixão amorosa, o amor natural de amizade, medo, afeição paternal, desilusão, reverência e serviço, alcançam formas físicas condizentes com a natureza de sua contemplação”

Aqui Brahmaji está nos dando encorajamento. Quem quer que sirva a Govinda e adere a qualquer um destes tipos de sentimentos em relação a Krsna, tais como krodha (raiva), kama (desejo amoroso), sahaja pranaya (amor natural amigável), e assim por diante, irá um dia atingir a perfeição. Diferentes pessoas possuem diferentes tipos de relacionamento com Krsna, e através deste relacionamento eles podem chegar até Ele. Brahma diz neste verso que aquele que vêm a Krsna deve um dia atingir a perfeição; não há dúvida em relação a isso. O tipo de sraddha que alguém possui em seu coração determina que tipo de perfeição ele finalmente atingirá.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s