Ano: 2014

Se alguém me oferece, com amor e devoção, uma folha, uma flor, fruta ou água. Eu as aceitarei.

Bhagavad-Gita, capítulo 9, verso 26 patram puspam phalam toyam yo me bhaktya prayacchati tad aham bhakty-upahrtam asnami prayatatmanah yah – qualquer; prayata-atmanah – possuindo uma natureza devocional; prayacchati – livremente oferece (sem desejo de ganho pessoal); me – a Mim; patram – uma folha; puspam – uma flor; phalam – uma fruta; toyam – água; bhaktya – com devoção; tat – esta própria coisa; bhakti-upahrtam – servido com devoção; aham – Eu; asnami – aceito. Se qualquer bhakta de coração puro me oferecer uma folha, uma flor, fruta ou água com amor e devoção, eu certamente irei aceitar esse presente. Comentário de Srila Svami Prabhupada Para a pessoa inteligente, é essencial estar na Consciência de Krsna, engajado no serviço amoroso transcendental do Senhor, a fim de alcançar uma morada permanente, extasiante de felicidade eterna. O processo de obtenção de resultado tão maravilhoso é muito fácil e pode ser tentado mesmo pelos mais pobres dos pobres, sem qualquer tipo de qualificação. A única qualificação necessária, neste contexto, é a de ser um devoto puro do Senhor. …

Jesus Cristo é Jagad-guru

Pergunta 1: Jesus Cristo é jagad-guru, o mestre espiritual de todo o mundo. Suas instruções são suficientes para nosso bem-estar espiritual. Ainda assim é necessário, então, aceitar um mahanta-guru – um grande acarya espiritual (aquele que ensina com seu exemplo) – que ainda esteja vivendo neste mundo? Resposta: Nós aceitamos ambos – jagad-guru e mahanta-guru. Se apenas o jagad-guru-vada [jagad-guru-ismo, ou só aceitar as instruções de um mestre que não se encontra mais nesse mundo] é aceito o resultado tem muitas conseqüências indesejáveis (anarthas). Se alguém aceita tal grande alma do passado – neste caso, Jesus Cristo – como jagad-guru e quer seguir seus passos no presente, mas considera que não há necessidade de qualquer mahanta-guru, é questionável até que ponto ele será capaz de seguir corretamente os pontos de vista de Jesus. Apenas a sucessão de mahanta-gurus misericordiosamente oferece-nos as palavras do Senhor Supremo ou dos acaryas jagad-guru.

A Mensagem do Bhagavad-gita

Hoje é o dia do aparecimento do Srimad Bhagavad-Gita, ou seja, foi neste dia, há mais de 5000 anos atrás que Sri Krsna esteve com Arjuna diante dos dois exércitos em Kuruksetra e recitou para ele todos os versos que compõe essa belíssima joia da literatura védica e um dos principais objetos de estudo de todo o mundo. Aquele que se abriga na Gita é aquele que se abriga aos pés de Krsna. Assim sendo, pela misericórdia imotivada de meu diksa guru, nitya-lila pravista om visnupada astottora sata Sri Srimad Bhaktivedanta Narayana Gosvami Maharaja, fui capaz de trazer este belíssimo ensaio que Srila Bhakti Ballabh Tirtha Gosvami Maharaja fez a respeito do Srimad Bhagavad-Gita.

O Segredo do meu Chapati

Outro dia estava no templo com a minha filha, era festival com Sripad Sajjana Maharaja e eu a tinha levado para que ele a conhecesse. Já estávamos tomando prasadam, no final do festival, quando um grande e querido amigo, ao olhar a cara dos chapatis que estavam sendo servidos ao Maharaja – que não eram lá essas coisas, duros e secos – me perguntou timidamente qual era o segredo do chapati. Na hora eu disse que era a manteiga, mas não é não. Fiquei com pena dele e resolvi colocar essa receita, bem simples, para que qualquer um possa fazer… Sem medo. Chapati, literalmente, quer dizer: “pão fino cozido na frigideira com a palma da mão”, originalmente uma palavra persa, que quer dizer “um tapa”, passou a ser usada para se referir ao dito cujo, pois ele era feito ‘aos tapas’ em cima da frigideira – que não tem a cara que tem hoje. Era um fogão à lenha com uma chapa de aço grande em cima, onde os chapatis eram amassados e estapeados até …

Antyesti Samskara

Há cerca de quinze dias atrás, a minha família sofreu uma perda. De acordo com a minha posição, eu tive que seguir as determinações do dharma e oferecer orações aos pés de lótus da falecida e de Sri Krsna. Como eu fiz essas orações durante dez dias, ao término delas eu resolvi colocar o texto na íntegra, dia após dia, orando para uma pessoa católica e muito amada, mas descrente da reencarnação e das causas últimas da vida material. Segue o texto abaixo. Primeiro Dia Hoje, na minha família, começa um período de luto. Ontem pela manhã a tia avó da minha esposa, Maria José Bezerra, apelidada carinhosamente de Titita, faleceu após um longo período de convalescimento. Começou como câncer de intestino, que depois entrou em metástase. Sempre foi uma pessoa amável e muito carinhosa. Entretanto, no meu papel, tenho a obrigação de dizer algumas palavras de alento para a família. Na minha religião, o vaisnavismo, popularmente conhecido como o movimento hare krsna, acreditamos, com base nas evidências das escrituras sagradas, que a verdadeira vida …

Samosas Perfeitas

A samosa é um pastelzinho frito, recheado com batatas, couve-flor, lentilhas, ervilhas, nozes, pinhão, com um tempero picante e característico. Seu tamanho e consistência variam, mas normalmente possui um formato triangular. Elas surgiram no oriente médio antes do século X, e mais tarde foram introduzidas na Índia na época do Sultanato de Delhi (1206 a 1526) quando os cozinheiros árabes tiveram que migrar para trabalhar nas cozinhas do Sultão e da nobreza. As samosas indianas surgiram em Uttar Pradesh, no norte da Índia, são vegetarianas e quase sempre acompanham um chutney ou uma raita, senão ambos. A samosa, hoje em dia, é aperitivo mundialmente conhecido.

Sripad Bhaktivedanta Sajjana Maharaja

Agenda de Sripad Bhaktivedanta Sajjana Maharaja no Brasil 2014   Se encerra hoje a passagem de Sripad Bhaktivedanta Sajjana Maharaja!   Chegada – 2 de outubro, no aeroporto de Foz do Iguaçu, às 18:00 2 a 4 de outubro – Cascavel – Casa de Amrtananda prabhu 4 a 8 de outubro – Matinhos – Casa de Parik e Krsnapriya 8 a 10 de outubro – Viamão – Sri Gaia Vrndavana Gaudiya Matha 11 e 12 de outubro – São Paulo – Sri Gangamata Gaudiya Matha 13 a 17 de outubro – Santos – Sri Gaudiya Satsanga Bhavan 18 e 19 de outubro – Pindamonhangaba 20 e 21 de outubro – Penedo 22 a 26 de outubro – Rio de Janeiro – Sri Gauravani Gaudiya Matha 27 a 29 de outubro – Pirinópolis

Aparecimento de Lalita-devi

10 de setembro de 2005. Lalita-devi nasceu na aldeia de Karehla, e, mais tarde, seu pai a levou para Uccagaon, o lugar de seus passatempos (lila-sthali). Ainda há muitas evidências de seus passatempos aqui, como uma rocha que contém as marcas de seus pés de lótus e alguns pequenos utensílios que ela usava quando ela e as outras sakhis alimentavam Krsna lá. Quando os raios de sol caem sobre as impressões dessas panelas e pratos, eles brilham e resplandecem. Todas as sakhis de Srimati Radhika costumavam brincar com Krsna e Lalita em Uccagaon, e há muitos lugares onde você pode ver as Suas pegadas até hoje. Na colina há uma rocha escorregadia que mostra um passatempo específico onde foi encenada uma arena de casamento. Lá, as gopis arranjaram um tipo especial de casamento entre Lalita e Krsna. Isso não deve ser entendido como um casamento real, mas sim uma brincadeira de casamento, como o casamento que já foi encenado entre Srimati Radhika e Krsna. Isso é tecnicamente conhecido como casamento Gandharva.

Srila Gour Govinda Gosvami Maharaja

Trnad api sunicena taror iva sahisnuna amanina manadena kirtanyah sada harih “Deve-se cantar o Santo Nome do Senhor em um estado humilde de espírito, pensando-se inferior à palha na rua: um deve ser mais tolerante do que uma árvore, desprovido de todo senso de falso prestígio, e deve estar pronto para oferecer todo o respeito aos outros. Em tal estado de espírito pode-se cantar o Santo Nome do Senhor constantemente”. – Sri Siksastaka, verso 3 Sri Srimad Gour Govinda Swami Maharaja viveu praticamente toda a sua vida com base nesse verso. Ele costumava dizer: “Este é o ensinamento mais importante de Mahaprabhu! Srila Kaviraja Goswami disse: ‘Faça uma guirlanda com este verso e a coloque em seu pescoço, em seguida, faça hari-bhajan‘. Este é o mais importante ensinamento de Mahaprabhu. Mahaprabhu é um acarya ideal. Como um acarya ideal, Ele está ensinando de forma prática. Ele mesmo praticou em sua própria vida. Ele nunca falou em teoria!”. Srila Gour Govinda Gosvami Maharaja apareceu em 2 de setembro de 1929, em uma pequena cabana de barro …

Arroz Aromático

O arroz é um mais antigos alimentos consumidos no mundo, apesar das variantes africanas só terem chegado ao Brasil com os colonizadores portugueses, os registros mais antigos datam o início do cultivo do arroz a algo entre 13.000 a 8000 anos atrás na região do vale do rio Zhu Jiang, no sul da China. A minha relação com o arroz data de bem menos tempo. Quando criança, minha mãe era conhecida por fazer o melhor arroz já conhecido, desses de comer “purinho”. Ela cozinhava o arroz com um refogado de alho e cebola, tempero super tradicional no Brasil. Hoje, por não comer nem alho e nem cebola há uns 15 anos, descobri que existem milhares de maneiras de se preparar um bom arroz. Ele pode ser neutro e sem tempero para “quebrar” o sabor de certos pratos de tempero forte, ou pode ser uma verdadeira orquestra de aromas e sabores. Aqui vou passar a receita de uma versão aromática, que eu fiz pela primeira vez para o Senhor Jagannatha, ainda nos idos tempos da ISKCON.